O que ninguém te conta sobre criar uma ideia

10 abr 2018
Beatriz
161
0

O nascimento das startups e o que é necessário fazer para que elas prosperem.

 

As startups nascem de ideias e quando digo “nascem”, digo serem literalmente bebês.

Ela vai precisar de atenção e monitoramento constante durante a maior parte do dia, e você vai tentar a todo custo fazer com que ela não chore, porque afinal, o choro é sinal de que algo não vai bem. Vale dizer que você também vai chorar por ela algumas vezes, sem contar as muitas noites que vai passar sem dormir… mas vai se orgulhar em dizer às pessoas o quanto você e ela vem crescendo e aprendendo juntos, em sintonia.

Assim como as crianças, em algum momento, sua ideia vai ter que se expor ao mundo lá fora, vai receber críticas positivas e outras nem tão boas assim, mas a cada desafio que superar ela vai ficar mais forte e segura de quem é, e do que faz melhor que todo mundo.

Ela vai precisar ter contato com pessoas e ideias diferentes para conseguir definir qual o propósito dela, o que ela manda bem e o que precisa estudar mais! Além disso, mais cedo ou mais tarde sua ideia vai precisar de ajuda pra solucionar alguns problemas e, às vezes, você vai precisar de alguém que te alerte quando algo estiver indo pro lado errado (mesmo que você não queira palpites sobre como criar a sua startup).

Nessa fase da vida, sua ideia precisa ir à escola, aprender qual o jeito certo ou errado de fazer algumas coisas e o que pode levá-la para o sucesso.

É aqui que entra o Coworking!

No Coworking, sua ideia vai ter contato com outras ideias e você vai ter contato com tantos outros pais coruja, que falam sobre seus filhos com o mesmo brilho nos olhos que você tem ao falar do seu. É nessa fase que você vai trocar MUITA informação com outros pais para tirar dúvidas sobre as experiências que você está vivendo pela primeira vez, como uma boa mãe/pai de primeira viagem. Você não vai saber qual a melhor fralda, nem a melhor maneira de alimentá-la, e com certeza vai se embolar quando ela começar a questionar as coisas.

Com o tempo você vai aprender a dar de comer e colocá-la pra dormir nas horas certas, assim, quando menos se der conta, ela já vai estar dando os próprios passos! Aí, meu amigo, não vai ter como pará-la! Ela irá percorrer longos caminhos, cativando pessoas que vão gostar tanto do seu filho que vão querer ver de perto todo o seu crescimento, comemorando e presenteando em cada aniversário.

No Coworking, sua ideia terá poder para testar, errar, aprender e tentar de novo, com pessoas dispostas a fazer as coisas darem certo! Vai ter gente pra ajudar na comunicação, nas finanças, na gestão de tarefas, no mundo digital e você pode encontrar gente disposta até a investir na sua ideia porquê acredita nela tanto quanto você.

Esse é o grande segredo na criação de uma ideia: fazer conexões, envolver pessoas e agregar valor humano!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *